NR13 o que é

NR13 o que é? Entenda detalhes sobre essa norma

E então, NR13 o que é mesmo? As normas regulamentadoras, conhecidas por sua abreviação “NR”, são normas instituídas pelo Ministério do Trabalho para que os empregadores cumpram regras que garantem a saúde e a segurança dos seus colaboradores.

Essas normas passam a valer automaticamente quando o trabalhador tem a sua carteira assinada, se enquadrando no regime CLT.

Por conta disso, é fundamental que o setor de Recursos Humanos não esteja apenas ligado a outros aparatos fundamentais, como o Controle de Ponto, mas também no cumprimento das NR ‘s.

Tendo isso em mente, hoje você vai conhecer o que é NR 13, que trata da segurança dos trabalhadores que atuam em um ambiente que possui caldeiras, vasos de pressão, tubulações e tanques metálicos de armazenamento.

O que é a NR 13

o que é nr 13

A Norma Regulamentadora 13 é um documento com força de lei que delimita quais são os processos mínimos para a instalação e gestão de ambientes que possuem caldeiras a vapor, vasos de pressão, tubulações interligadas e tanques de metal para fim de armazenamento.

A principal finalidade da norma é garantir a segurança e a saúde dos colaboradores que atuam em ambientes que possuem esses componentes. Porém, além disso, o seguimento da NR também traz benefícios para a empresa, como:

  • Mapeamento de riscos;
  • Diminuição no número de acidentes em local de trabalho;
  • Diminuição dos custos com encargos trabalhistas;
  • Maior motivação dos colaboradores que se sentem em um ambiente seguro.

A NR 13 atualizada é também uma parte fundamental da norma, a empresa deve procurar por um profissional habilitado que indicará se o maquinário está apto ou não a funcionar.

Detalhes de cada componente da NR 13

Agora que você já sabe o que a NR 13, confira um pouco mais sobre cada um dos componentes que fazem parte da norma:

Caldeiras

norma 13 caldeiras

Para se enquadrarem na norma, sendo passíveis de inspeção, basta que as caldeiras sigam a seguinte descrição presente na norma:

“Equipamento destinado a produzir e acumular vapor sob pressão superior à atmosférica, utilizando qualquer fonte de energia, projetados conforme códigos pertinentes, excetuando-se refervedores e similares.”

Como você viu, o parágrafo da NR 13 não faz distinção entre o tamanho, tipo e potência da caldeira.

Faz parte da norma a especificação de que informações relevantes sobre a caldeira estejam presentes em local de fácil visualização e acesso, sendo elas:

  • A data de fabricação;
  • Nome do fabricante;
  • Pressão de teste hidrostático;
  • Código do projeto e ano de edição;
  • Área de superfície de aquecimento;
  • TAG com número de identificação do equipamento;
  • Capacidade de produção de vapor;
  • Categoria da caldeira.

Vasos de pressão

nr13 atualizada vasos de pressão

Vasos de pressão são equipamentos que contêm fluidos em seu interior, cuja pressão interna ou externa é diferente a da atmosfera.

Dentro da lei, esses fluidos são classificados da seguinte forma:

Classe A:

  • fluidos inflamáveis;
  • combustíveis fluidos (temperaturas atingindo 200 graus Celsius ou mais);
  • fluidos tóxicos com limite de tolerância igual ou inferior a 20 ppm;
  • hidrogênio;
  • acetileno.

Classe B:

  • fluidos combustíveis com temperatura inferior a 200 ºC;
  • fluidos tóxicos com limite de tolerância superior a 20 ppm.

Classe C:

  • Vapor de água, gases asfixiantes simples ou ar comprimido.

Classe D:

  • outro fluido não enquadrado acima.

Dentre as classes as B, C, E e D representam aqueles que não tem obrigatoriedade de passar por inspeção, a não ser em casos específicos. Já os fluidos da categoria A são submetidos a gestão através da norma.

Assim como nas caldeiras, o vaso de pressão também deve possuir uma placa identificadora com as suas especificações.

Tubulações

norma nr13 tubulações

As tubulações de interligação entre os fluidos, que estão nos vasos de pressão e nas caldeiras, também se enquadram nas normas da NR 13.

Dentre as regras, está a necessidade da elaboração de um plano de inspeção que considere:

  • Os fluidos transportados;
  • A pressão de trabalho;
  • A temperatura de trabalho;
  • Os mecanismos de danos previsíveis;
  • As consequências trazidas para os trabalhadores e o meio ambiente em caso de falha da tubulação.

Tanques metálicos de armazenamento | NR13 o que é

nr 13 atualizada Tanques metálicos

Assim como as tubulações, a parte da NR que trata dos tanques de armazenamento, se relaciona com o uso desse tipo de componente para o armazenamento de produtos que passaram pelas caldeiras e pelos vasos de pressão.

Fica como obrigação da empresa elaborar um plano de inspeção que considere no mínimo as seguintes variáveis:

  • Os fluidos armazenados;
  • Condições operacionais;
  • Os mecanismos de danos previsíveis;
  • A eminência real das variadas consequências e riscos para os colaboradores, meio ambiente e instalações vindas dos problemas possíveis nos tanques.

Percebeu como não é fútil atentar para os detalhes da norma NR13 e suas determinações? Então, cuide de sua empresa e colaboradores nos cumprimentos das regulamentações vigentes. Até mais.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.